Pokémon na optica de um jogador

Posted in Nerdagem with tags , , , , , , on abril 8, 2010 by andreyamaniha

Pra revitalizar esse blog, falarei de um jogo que atualmente está muito presente na minha vida: Pokémon. Vou tentar explicar como é o jogo, criticá-lo, elogiá-lo e comparar com o Anime.

Para quem viveu a decada de 90 pode lembrar muito de uma febre em sua época, sim, é o título do tópico, uma franquia japonesa da Gamefreaks, uma subsidiária da Nintendo, e o significado da palavra Pokémon em inglês é Pocket Monster, muitos devem acreditar que o jogo veio do Anime, que fez muito sucesso naquela época, mas é muito pelo contrário, o primeiro jogo Pokémon foi o Pokémon Green/Red (Gameboy), lançados no japão em 1996, e o anime(se não me engano) foi ao ar em 1997. Veja os vídeos abaixo, uma é a introdução do primeiro game e o outro o início do primeiro episódio, em que acontece a analogia do jogo no anime.

Cena de abertura do jogo.

Primeiros 10 minutos do anime.

O Jogo consistia em que o jogador colecionasse e treinasse criaturas para batalhas, no início eram 151 criaturas, na geração 1, depois, na geração 2 (Gameboy Color) o jogo começou a ficar mais complexo, com novos elementos para os pokémons, como sexo para você poder fazer cruzamento e novos tipos de pokémon como os Dark e Steel, além de 100 novas criaturas, nessa época eu jogava apenas por jogar, não tentei ir mais a fundo.

Na terceira geração o jogo recebeu um sistema de treinamento de pokémon mais complexo, esse sistema é conhecido como Effort Values, que você pode personalizar seus pokémons nos atributos desejados só batalhando com os pokémons certos, além das natures que era novidade também, que cada nature altera os atributos do pokémon, e com isso começa a ficar mais interessante a competitividade do jogo, além dessa novidade, o jogo trouxe novas criaturas(feias), e um continente diferente, e a estória de sempre, eventos de beleza, o jogo foi ficando mais complexo para quem começou a jogar com um olhar mais sério ao jogo. Na quarta geração foi acrescido o modo WiFi, em q vc pode trocar pokémons com qualquer pessoa do globo terrestre, e batalhar e trocar pokémons com pessoas que vc troca o Friend Code, no sistema competitivo foi adicionado um sistema de golpes físicos e especiais, em que o dano e a defesa são calculadas com o atk/def  e special attackk/special defense  respectivamente, sendo que antigamente esses cálculos eram baseados nos elementos. E também nessa geração teve novas criaturas, novo ambiente e a mesma estória de sempre.

Enfim, escrevi demais, só que a minha opinião é essa: para quem for jogar o jogo sem muita atenção, vai encontrar o mesmo jogo da primeira geração com gráficos melhorados e criaturas novas, mas quem decidir jogar competitivamente encontrará bastante coisa. Hoje em dia o Anime não é uma coisa que me agrada, pois a estória não se desenvolve e o público é só o infantil enquanto o jogo abrange um público maior. É uma das franquias de maior sucesso da Nintendo, qualquer coisa é só entrar no site: http://www.vgchartz.com lá tem os números, Pokémon Gold/Silver/Crystal vendeu muito!

E para concluir, vou deixar as listas dos jogos e consoles para cada geração. E inclusive os Remakes.

1 Geração: Red/Green/Blue/Yellow – Gameboy e Gameboy Color(para o Yellow)

1 Geração Remake: Fire Red/Leaf Green – Gameboy Advance

2 Geração: Gold/Silver/Crystal – Gameboy Color

2 Geração Remake: Heart Gold/Soul Silver – Nintendo DS

3 Geração: Ruby/Saphire/Emmerald – Gameboy Advance

4 Geração: Diamond/Pearl/Platinum – Nintendo DS

Até onde vão os direitos humanos?

Posted in Cotidiano on outubro 19, 2009 by andreyamaniha

Eu postei isso em uma comunidade no orkut no dia 9 de Outubro de 2009, dei CTRL+C e CTRL+V, se quiserem ver o resultado da discussão desse assunto é só clicar AQUI

“Bom, ontem fui assaltado (sorte que levaram só meu celular e 10 reais), e estou meio nervoso, mesmo assim, pensei em várias coisas, dentre elas a justiça feita com as próprias mãos.
Mas isso leva a um assunto mais delicado, os direitos humanos. Se as pessoas buscam por “vingança” ou “justiça com as próprias mãos” há quem irá defender o outro lado por eles serem humanos e merecerem os direitos humanos. Então vou expressar a minha opinião quanto a isso. Se alguém desrespeita o direito de outro, ela deveria logo ser privada dos próprios direitos, sim, é um pensamento radical, mas a minha idéia de direitos é isso: Desrespeitou o direito do outro, e não cumpriu com os próprios deveres, não merece ter direitos.
Enfim, gostaria saber da opinião de vocês quanto a esse assunto, e repito a pergunta do título do tópico: Até onde vai os direitos humanos?”

PS.: quem acessar o link, notará a falta de uma revisão melhor… digo, nem aqui tá bem revisado.

Só estou afim de postar.

Posted in Assuntos aleatórios on setembro 24, 2009 by andreyamaniha

Não tenho assuntos,  há anos que num posto, mas sinto a necessidade de postar aqui nesse blog sem idéias, digo o idéias0

Primeiramente dia 27 de novembro terá o show do AC/DC no Morumbi, não tenho o dinheiro, mas quem quiser fazer uma doação deixe-me contatos xD

Segundo, eu pretendo postar aqui freqüentemente agora, pelo menos 1 vez por semana, aliás, tá decidido, nas madrugadas de quartas para quinta postarei aqui, e pode ser uma merda de post como esse, ou alguma coisa incrível, isso dependerá da minha inspiração.

Vou tentar deixar uma mensagem do dia aki no post:

Alguém sabe definir o que é normal?

Oiii gente só vim movimenter essa bosta! ;}

Posted in Assuntos aleatórios, Cinema e Televisão, Conselhos e Dicas on setembro 23, 2009 by rohnnie
Bom gente, eu ia colocar um post antigo meu de um blog que eu tive mas relendo-o notei que ficaria extremamente sem nexo, entao deixa pra lá! Eu gostariade postar algo interessante mas eu preciso aprender o que é interessante de se colocar em um blog então se alguma boa alma ainda lê isso aqui gostaria que me desse dicas.

Confesso a vocês que passei por muito tempo sem entrar no ideaszero pq eu nao conseguia encontrar a MERDA do botão para logar! Fazer o que né… Enfim, por falta do que falar vou apresentar a vocês um seriado chamado How I met Your mother. Se trata de um seriado muito engraçado que conta a história de como Ted Mosby conheceu a mãe de seus filhos. Eu diria que este seriado é uma versão de Friends e que consegue ser tão e até mais engraçada e com a diferença de o pessoal passar o happy hour realmente em um bar e não em um café de nova york! Enfim, vale a pena conferir, a risada é garantida!

Um bom lugar para baixar é a comunidade do orkut : http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=2819919

Um abraço!

Foi dia 25 de junho ou 1 de abril?

Posted in Assuntos aleatórios, Cinema e Televisão, Cotidiano, Música, Nerdagem on junho 26, 2009 by andreyamaniha

Nossa, é muito “cotidiano” esse post, mas acho que merece estar aqui no nosso blog.

Foi um dia muito comum, acordei mais tarde do que eu estava acostumado a acordar, 2 da tarde, e enrolei pacas pra tudo que eu achava que devia fazer. Então, entediado do computador, fui jogar um PSP, dai fechei o jogo… tudo bem… ao fechar o jogo fui me aprontar para ir a faculdade, então eu vejo no MSN uma mensagem: Não haverá aula devido a gripe suina. Desacreditei… fui olhar no e-mail, que copiarei pra vocês aqui:

Caros alunos e professores,

Em função da confirmação, pela Vigilância Sanitária, de dois casos de gripe A (H1N1) entre nossos alunos, a Faculdade Cásper Líbero está antecipando as férias escolares a partir das 19h de hoje (25/6).

Obs.:

1. As atividades previstas para os dias 26, 27, 29 e 30/6 serão transferidas para os dias 31/7, 1º, 3, 4 e 6/8.

2. Segundo a médica da Vigilância Sanitária que entrou em contato com a Faculdade, as duas alunas passam bem e estão sendo monitoradas pelo Serviço de Saúde Pública.

3. Vale lembrar que o acesso de alunos e professores às dependências da Faculdade estará liberado durante as férias, mas estamos atendendo a uma recomendação sanitária para que se evite o contato estrito de grandes concentrações de pessoas em ambientes fechados.

4. Os alunos e professores das turmas em que estão matriculadas as alunas serão contatados especialmente pela Faculdade e pela Anvisa, em atendimento a uma determinação da própria Vigilância Sanitária.


Cordialmente,

A Direção


Então eu acreditei neh, mas ai não parou. Tava olhando no Twitter, as mais Twittadas era= Farrah Fawcett R.I.P, eu sei lah quem era, depois de uma googlezada descobri que era uma celebridade, uma das panteras antigas. Então, no oscio, e no msn, recebo uma mensagem: “Michael Jackson morreu!”. Puuutz, não acreditei neh? Um ícone, poxa vida, para a minha cabeça são imortais. Dai fui pesquisar na net e nada, no Twitter já tinha uma galera confirmando a morte dele, na CNN ainda não, mas até que se confirma a morte dele mesmo. Putz!!! é esquisito.

Para completar, eu descubro que o Gugu assina um contrato com a Record, e seu salário será de 300 milhões O.o omg!!! Não imagino Gugu fora da SBT nem em outro mundo.

Depois disso tudo eu fico pensando, foi dia 25 de junho ou dia 1 de abril?

Será que é o fim do mundo?

Aaaaaah!!!


Criatividade.

Posted in Cinema e Televisão, Cotidiano, Música, Pensamentos e reflexões on junho 16, 2009 by andreyamaniha

Depois de umas boas semanas sem postar aqui, resolvi tentar colocar algumas idéias minhas.

Como eu andava sem assunto nesse período e muito menos criatividade, então decidi justamente falar disso, a criatividade.

Primeiro me vem as perguntas, todos nascemos criativos? Criatividade é um talento? Criatividade é uma habilidade? Criatividade é importante? Bom, ai eu tento responder com o que ando pensando. Acredito que nascemos criativos sim, toda criança tem imaginação e uma ótima abstração das coisas, as brincadeiras delas sempre envolvem o imaginário, e assim creio que isso é criatividade, mas não vejo como talento não, vejo como uma habilidade, algo que você pode desenvolver ou inibir, e sim, a criatividade é importante, pois ela que gera mudanças.

Então me questiono do porquê é mais fácil a gente perder a criatividade do que evoluí-la. Minhas conclusões quanto a isso são de certa forma delicadas e “revoltadinhas”, isso tudo tá na nossa educação e na sociedade, inclusive educação familiar e escolar. Na escola, vejo o problema justamente na admiração pela forma, sim, um exemplo é a gramática, na alfabetização quando você faz umas redações o que o professor dá mais valor? Na sua gramática ou nas suas idéias? De acordo com minha experiencia de vida era na gramática, então com essa preocupação com a gramática, o professor se concentra em corrigir apenas isso e esquece de comentar sobre a idéia, tanto criticá-la quanto elogiá-la. Também me recordo quando tinha aula de artes e tentava pintar algo, se eu saisse do padrão das cores e da forma de pintar minha arte era rejeitada.

O cotidiano da criança, e até mesmo nosso também inibe nossa criatividade, a cada vez que você vai ficando mais velho uma pessoa com imaginação é realmente reprimida,  são incontáveis as vezes que uma pessoa me zuou, desprezou algo que eu tentei criar, nem ao menos tentou entender o que eu queria dizer. O comportamento das pessoas quanto ao diferente também é algo que inibe, nota-se que o diferente é sempre excluido, rejeitado, isolado, quando se vê uma pessoa vestida diferente as pessoas olham de uma maneira esquisita para ela, outras afastam-se, e até evitam.

Nas artes também, principalmente no mundo pop, você ouve essas rádios mais populares só se escuta a mesma coisa 24 horas por dia, nada de diferente, sempre o mesmo padrão, se tem algo novo, isso não faz sucesso e nem vende. No Rock, se uma banda tenta mudar, seus fãs nem buscam entender, já vão reclamando mesmo se a idéia for boa.

Enfim, se eu continuar aqui eu não paro, e acho que deu pra entender um pouco da minha idéia. Antes de concluir o post vou deixar uma pergunta: O que você acha mais importante, a forma ou o conteúdo?

Abraços minha gente!!!

Pessoas; Discussões.

Posted in Cotidiano, Pensamentos e reflexões on junho 15, 2009 by rohnnie

Oooi pessoas ! Depois de tanto tempo no molho, doente e sem vontade de fazer nada , eis que apareço novamente para viajar em mais um post! Hoje convido vocês a refletir sobre o relacionamento entre pessoas quando se trata das famosas opiniões divergentes. Eu pessoalmente adoro uma boa discussão; nada melhor do que expor sua opinião e ironizar os pontos fracos da opinião contrária! ;D

Pois bem , a discussão serve para resolver e expor opiniões a fim de convencer ou apenas pacificar certo assunto. Mas no dia-a-dia do que vale tal relacionamento ? Veja bem , as duas ou mais pessoas estarão apenas relatando seu ponto de vista e na grande maioria das vezes nem da valor à opinião dos que estão na roda. Outras vezes chegam a ir além! estressam-se pelas pessoas não aderir sua idéia e acabam por gritar , chingar etc. e tal. Nessa altura a discussão já deixa de ser construtiva e se torna aquela coisa chata e monótona , todos sabem que nao vai dar em nada mas continuam a querer reverter o outro. De que adianta ? Eu digo que 99,99% não chegam a lugar algum. E onde mais chegaria ? Todos crêem que estão corretos e o seu orgulho não deixará mudar , pelo menos não no momento da discussão.

Acredito que o mesmo vale em momentos em que queremos chamar a atenção de alguém que não nos correspondeu ou fez algo que não gostamos. Veja bem , a pessoa faz algo que acha correto , seja amigo , empregado ou o que for , mas por algum motivo não nos agrada. Discutir , brigar , enraivecer ou seja lá qual sentimento brotar será um soco (psicológico) contra a parede. O problema não vai ser resolvido e será criada uma tensão negativa no relacionamento. Vejo isso acontecer o tempo todo , infelizmente. Seja uma mãe dando um safanão em seu filho pequeno que a quis agradar , colegas em escolas, funcionários etc. e por assim vai …

Perdi a criatividade por hora , qlqr coisa eu edito depois , reflitam e se quiser opinem hahaha =D

beijo , tchauíííí!